Balões – eu te amo – Trupe Cangaias de Teatro ( Maracanaú – Ceará)

Divulgação Fecta

Divulgação Fecta

Por Maurileni Moreira

 

Inicialmente chega a mim a sensação de não saber por onde começar. Não que o trabalho específico seja hermético, mas pelo quê de espanto e boquiaberto que tive como espectadora. A esquete teatral Balões – eu te amo, do Grupo Cangaias de Teatro, com direção de Luis Carlos Shinoda fechou o Festival de Esquetes da Cia.Teatral Acontece no último dia de apresentações da Mostra Noturna, 25/07. E esse verbo, no pretérito perfeito, pode ser utilizado agora e lá, na hora, como bordão carregado de positividades:

– Eles fecharam mesmo, com chave de ouro!

A esquete Balões – eu te amo, traz a cena uma estética não- naturalista, com um tanto de absurdo e metáforas acerca de um relacionamento sacal cheio de aniversários de namoro. O figurino e o cenário todo em preto e branco evidenciam as grades e conveniências a que nos submetemos em prol de aparências e felicidades adquiridas.

O que lhe faz feliz?

Podem acreditam, não é o supermercado Pão de Açúçar, nem o Pão de Açúcar do Rio de Janeiro, muito menos uma comida prendada: batidas de ovos na sua mesa do café da manhã. O que faz você feliz não se encontra numa receita.

Todos os atores em cena possuíam marcações bem desenhadas. O ator Bethoven Cavalcante (O Luiz) se movimentava em cena sobre as fitas adesivas que delimitavam o espaço. Ele parecia uma figura onisciente acerca de tudo que acontecia entre quatro paredes daquele casal. E sua ação física, de retirada dos adesivos do chão, o que podemos aludir a ruptura do muro entre o ambiente privado (casal) e ambiente público (Luiz), causava uma tensão entre os atores e uma curiosidade no público: Quem será Luiz? Será mesmo que é o que estamos deduzindo? Há aqui um casal homoafetivo? Ela será abandonada? Até quando eles vão permanecer nessa mentira desenhada de afetos e jornais e gemas e vassouras e retirada do olhar?

A atriz Cíntia Viana surpreende em sua atuação. O sorriso congelado e, principalmente, a cena em que ela diz “Eu te amo” e segue numa movimentação regressiva. Como se esse amor lhe fizesse percorrer o sentido contrário. Eles utilizam muito bem o espaço em toda sua tridimensionalidade, e os diálogos se dão para além das palavras, eles conseguem desenhar as relações pelo viés do movimento e deslocamentos.

O trabalho inteiro é ambientado pela música Eu te amo da banda Noporn.

 

“Eu te amo e tuas pernas têm o cheiro do suor / Que excita tudo que eu quero fazer / Tua carne tem um gosto salgado que não dá pra morder / Minha vida nunca mais vai ser a mesma sem a tua carne / Porque eu te amo e tuas pernas têm o cheiro do suor / Que excita tudo que eu quero fazer / Tua carne tem o gosto salgado / Não dá pra morder / Minha vida nunca mais vai ser a mesma / Em a tua carne / Morder teus peitos e sair / Sair, sair, sair / Você grita / Você nunca vai nem conseguir / Saber aquilo que eu sinto / Porque eu te amo e tuas pernas… / Eu te amo e tuas pernas têm o cheiro do suor / Que excita tudo que eu quero fazer’

Fanpage Trupe Cangaias

Fanpage Trupe Cangaias

A Trupe Cangaias é um grupo de teatro experimental de Maracanaú – Ceará que se utiliza da arte como ferramenta de transformação social. Surgido a partir do teatro de rua, a Trupe, com dramaturgias e direções autorais, destaca-se com provocações estéticas, politicas e críticas como pontos fortes nas montagens. Formada por ex- alunos do Curso Princípios Básicos de Teatro (CPBT-TJA), a Trupe atualmente possui como integrantes universitários de artes cênicas. Tendo um papel importante dentro do município de Maracanaú, o grupo mostra que é possível pensar e fazer teatro profissional. Servindo, também, de referência para outros grupos da cidade. Os trabalhos realizados fora do eixo cidade-sede alcançaram êxito, emplacando prêmios e participações em mostras e festivais pelo estado do Ceará.

Seu currículo apresenta mais de dez montagens desde a fundação. Destacando-se com as peças: Simplesmente Rosas, Entregue às baratas e O Santo e a Porca – A Historia de um Avarento, esta rendeu reconhecimento e prêmios ao grupo. Atualmente a Trupe Cangaias possui quatro integrantes, os atores Carlos Shinoda, Cintia Viana, Jeferson Tinoco e Rogeane Oliveira.

Sem mais delongas, parabenizo profundamente o trabalho do Cangaias, e, por enquanto, fico por aqui digerindo a beleza do trabalho, com vontade de ver mais e mais o crescimento do grupo.

Sem mais ressalvas, digo:

– Vejam Balões  – Eu te amo! Espetacular!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s