Merdaaaaaaaaaaaa! – Manual (Grupo Estoriatores)

Por Guilherme Bruno

Divulgação Fecta

Divulgação Fecta

Imagem em movimento. Palavra em suspensão. Corpos à deriva, à espera. Um relógio, um banco e uma poltrona. Os atores gritam: Merdaaaa! O esquete Manual, do Grupo Estoriatores, recém-criado na cidade de Fortaleza, conta com direção de Tatiana Amorim. O trabalho nos convida a uma poética repleta de vazios, com figuras bem definidas e que sempre estão num certo diálogo acompanhado por um olhar, um gesto específico, uma ação pontual. Estes vazios também são sobrepostos por grunhidos, pequenas torções da língua, dos impulsos do corpo. Tudo isso para dar vazão à imagem e a uma pesquisa formal de LÍNGUAgem.

Acredito ser o tempo a grande questão do trabalho. O tempo, as implicações formais do nosso modo atual de vida, as convenções sociais. Há uma crítica nas camadas de Manual, que faz de seu próprio nome, tessitura para isso. Um manual serve para quê? Um manual nos proporciona que tipo de relação?

A qualquer momento podemos ser convocados. A sirene é nosso maior mobilizador de tensões. É como uma usina em constante geração de energia. Nossos manuais devem estar a nosso favor. Os nossos e os que nos são enfiados goela abaixo. Do contrário, corremos o sério risco de não estar. De não viver. De perder o emprego – ou o que é pior, de nem obtê-lo. De não alcançar nossos objetivos.

Para além desse mosaico de relações, o espetáculo nos possibilita um encontro com figuras que causam um tom risível, dada a estranheza, por assim dizer, de cada uma delas. Por isso no começo do texto, pontuo que elas são bem definidas: Sua matiz de cores e objetos, como a pochete que uma delas carrega, dão-nos pistas sobre essa definição e composição. Nesse sentido, parte do figurino tem muitas camadas e remete-nos a um clima de frio. Penso que é uma opção estética do grupo, mas poderia ser revisto. Pode-se experimentar um outro material? Pode ser algo mais leve? Por que esta opção? Além disso, é nítida a presença da repetição no desenrolar da dramaturgia, o que pode gerar muitos frutos. Dramaturgia esta que nos deixa em estado de urgência.

Divulgação Fanpage Estoriatores de Teatro

Divulgação Fanpage Estoriatores de Teatro

Interessante ver os atores no mesmo barco, mesmo que se situem nas individualidades do que se propõem. Individualidades enquanto figuras, não enquanto atores. Todos juntos e atentos ao som da sirene, que gera espreita, um olho atravessado, um impulso comedido. Conectados por algo que querem, que necessitam. No momento final, em que ficam emparedados por um fio, nos fazem refletir sobre as tensões físicas, nos seus diferentes modos de processá-las. Ao ouvir da boca de um dos atores a combinação entre 0, 1 e o verbo conectar, impossível não se deter ao universo dos computadores, que funcionam em suas combinações binárias. Somos manuais (cibernéticos) de nós mesmos? Somos o quê?

Manual também me lembra o que é feito à mão, para abranger os sentidos da palavra. E assim, que o grupo prossiga na sua pesquisa e manufatura. Que encontre cada vez mais essa linguagem própria, que mesmo com referências de outras poéticas, constitua-se cada vez mais a sua.

Estoriem, atores!

Anúncios

4 comentários sobre “Merdaaaaaaaaaaaa! – Manual (Grupo Estoriatores)

    1. Gostoso de ler seu comentário, seu modo ver, sua percepção sobre atos, gestos e intenções que transparecem nos poucos minutos de cena. É instigante como todas as nossas inquietações, conversas, pesquisas em grupos e individuais estão de certa maneira expressa em suas palavras. Isso reforça que o caminho é esse, que devemos investir, que o trabalho foi, e é árduo, mas ao mesmo tempo prazeroso, são estas nossas inquietações que nos move a criar, recriar e querer estar fazendo teatro. Obrigado pelo texto maravilhoso sobre nosso trabalho.

      Curtir

  1. Não assisti ao espetáculo, mas fiquei feliz em ler um critica que cumpre o seu papel: O de nos edtimular e nos provocar inquietações que nos levam ao testro. Parabens Guilherme, pela critica.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s